Mudanças entre as edições de "Pontos de Cultura - Região Serrana e Litoral Paulista"

De Pontão Nós Digitais
 
(13 revisões intermediárias por 3 usuários não estão sendo mostradas)
Linha 1: Linha 1:
 +
A Macro-região Litoral e Serrana e formada por três micro-regiões: Vale do Ribeira, Litoral Paulista e Vale do Paraíba.
  
[[Ponto de Cultura Caiçaras - Cananeia |Ponto de Cultura "Caiçaras"]]
 
  
[[Barra_Ribeira |Ponto de Cultura Caiçaras da Barra do Ribeira]]
+
==Vale do Ribeira==
  
[[Barro_Trança |Ponto de Cultura de Barro e Trança]]
+
[[Imagem:Mapa_vale_ribeira.png|thumb|right|300px|Fonte: http://www.igc.sp.gov.br/mapasRas.htm#registro]]
  
[[Categoria: Pontos de Cultura]]
+
 
 +
 
 +
Localizado ao sul do estado de São Paulo e nordeste do Paraná, concentra a maior área contínua de Mata Atlântica ainda existente no Brasil. Apesar de ter sido uma das primeiras e mais intensamente exploradas regiões brasileiras nos períodos colonial e imperial, chega ao início do século XXI com significativo patrimônio ambiental e cultural. A região é produtora de água de qualidade e apresenta ecossistemas aquáticos (rio, estuário e mar) e terrestres (duna, mangue, restinga e floresta atlântica). Ainda hoje, a região guarda marcas da cultura e costumes de diferentes comunidades tradicionais caiçaras, quilombolas e indígenas em meio à natureza preservada, o que levou a UNESCO a declará-la como “Patrimônio Natural e Cultural da Humanidade”. Abriga uma população de 481.224 habitantes e inclui integralmente a área de 31 municípios. Ao todo, quatro municípios contam com Pontos de Cultura: Apiaí, Cananéia e Iguape no Estado de São Paulo e Guaraqueçaba no Estado do Paraná.
 +
 
 +
 
 +
 
 +
 
 +
==Vale do Paraíba==
 +
 
 +
[[Imagem:Mapa_vale_paraiba.png|thumb|right|300px|Fonte: http://www.igc.sp.gov.br/mapasRas.htm#sjcampos]]
 +
 
 +
 
 +
 
 +
É uma região que abrange parte do leste do estado de São Paulo e oeste do estado do Rio de Janeiro, e que se destaca por concentrar uma parcela considerável do PIB do Brasil. A história do Vale do Paraíba está intimamente ligada ao ciclos econômico do café, período de opulência que deu prestígio e poder político à região. O nome deve-se ao fato de que a região é a parte inicial da bacia hidrográfica do rio Paraíba do Sul. A região possui um parque industrial altamente desenvolvido[3], destacando-se o sector automobilístico, aeroespacial/aeronáutico, bélico, metal-mecânico e siderúrgico entre outras. A população somada de todas as 38 cidades que compõem a da região é de quase 3,3 milhões de habitantes. Os municípios que tem Pontos de Cultura são: Campos do Jordão, Guaratinguetá, São José dos Campos e São Sebastião.
 +
 
 +
 
 +
 
 +
 
 +
==Baixada Santista==
 +
 
 +
 
 +
 
 +
[[Imagem:Mapa_baixada_santista.png|thumb|right|300px|Fonte: http://www.igc.sp.gov.br/mapasRas.htm#bsantista]]
 +
 
 +
 
 +
 
 +
É a terceira maior região do estado em termos demográficos, com uma população de cerca de 1,6 milhão de moradores fixos, segundo dados de 2007.Nos períodos de férias, acolhe igual número de pessoas, que se instalam na quase totalidade em seus municípios. A região caracteriza-se pela grande diversidade de funções presentes nos municípios que a compõem. Além de contar com o parque industrial de Cubatão e o Complexo Portuário de Santos, ela desempenha outras funções de destaque em nível estadual, como as atividades industrial e de turismo, e outras de abrangência regional, como as relativas aos comércios atacadista e varejista, ao atendimento à saúde, educação, transporte e sistema financeiro. Têm presença marcante ainda na região as atividades de suporte ao comércio de exportação, originadas pela proximidade do complexo portuário. Atualmente, apenas duas cidades possuem Pontos de Cultura: São Vicente e Santos.
 +
 
 +
 
 +
 
 +
 
 +
 
 +
== Pontos & Cultura Digital ==
 +
Por enquanto, mapeamos os seguintes espaços que trabalham algum tipo de atividade ligada a [[Cultura Digital]].<br>
 +
 
 +
<table border="1" cellpadding="1" cellpadding="1" cellspacing="1" align="center">
 +
<tr>
 +
<th style="background:#E0FFFF;"> Pontos com Redes em fase de construção </th>
 +
<th style="background:#FFDAB9;"> Pontos com Redes GNU/Linux [[Imagem:Gnu-linux.png‎|50px]]</th>
 +
<th style="background:#DCDCDC;"> Pontos com Redes Proprietárias [[Imagem:Copy.png‎|30px]]</th>
 +
</tr>
 +
 
 +
<tr>
 +
 
 +
<td>
 +
* [[Ponto de Cultura Caiçaras da Barra do Ribeira - Associação Jovens da Juréia (AJJ) - Iguape]] <br>
 +
</td>
 +
 
 +
<td>
 +
* [[Ponto de Cultura "Caiçaras" - Instituto de Pesquisas Cananéia (IPeC) - Cananéia]]<br>
 +
* [[Ponto de Cultura Pilar do Sul - SOSACI - Pilar do Sul]]<br>
 +
* [[Ponto de Cultura Arte no Dique - Instituto Arte no Dique - Santos]]<br>
 +
* [[Ponto de CulturAtiva Camará - Centro Camará de Pesquisa e Apoio à Infância e a Adolescência - São Vicente]]<br>
 +
</td>
 +
 
 +
<td>
 +
* [[Ponto de Cultura "De Barro e Trança" - Prefeitura Municipal de Apiaí]]<br>
 +
</td>
 +
 
 +
</tr>
 +
</table>
 +
<br> <br>
 +
 
 +
----
 +
'''Educador/Instrutor da Macro-região - Contato''' <br>
 +
 
 +
Fernando Oliveira <br>
 +
Correio: fernando@matimperere.com.br e botocinza@uol.com.br <br>
 +
Msn: manguetown@hotmail.com <br>
 +
Skype: dalamaaocaos <br>
 +
Telefone: (13) 3851-3959 ou (13) 9777-0030 <br>
 +
 
 +
[[categoria:Pontos de Cultura]]

Edição atual tal como às 16h02min de 27 de agosto de 2009

A Macro-região Litoral e Serrana e formada por três micro-regiões: Vale do Ribeira, Litoral Paulista e Vale do Paraíba.


Vale do Ribeira


Localizado ao sul do estado de São Paulo e nordeste do Paraná, concentra a maior área contínua de Mata Atlântica ainda existente no Brasil. Apesar de ter sido uma das primeiras e mais intensamente exploradas regiões brasileiras nos períodos colonial e imperial, chega ao início do século XXI com significativo patrimônio ambiental e cultural. A região é produtora de água de qualidade e apresenta ecossistemas aquáticos (rio, estuário e mar) e terrestres (duna, mangue, restinga e floresta atlântica). Ainda hoje, a região guarda marcas da cultura e costumes de diferentes comunidades tradicionais caiçaras, quilombolas e indígenas em meio à natureza preservada, o que levou a UNESCO a declará-la como “Patrimônio Natural e Cultural da Humanidade”. Abriga uma população de 481.224 habitantes e inclui integralmente a área de 31 municípios. Ao todo, quatro municípios contam com Pontos de Cultura: Apiaí, Cananéia e Iguape no Estado de São Paulo e Guaraqueçaba no Estado do Paraná.



Vale do Paraíba


É uma região que abrange parte do leste do estado de São Paulo e oeste do estado do Rio de Janeiro, e que se destaca por concentrar uma parcela considerável do PIB do Brasil. A história do Vale do Paraíba está intimamente ligada ao ciclos econômico do café, período de opulência que deu prestígio e poder político à região. O nome deve-se ao fato de que a região é a parte inicial da bacia hidrográfica do rio Paraíba do Sul. A região possui um parque industrial altamente desenvolvido[3], destacando-se o sector automobilístico, aeroespacial/aeronáutico, bélico, metal-mecânico e siderúrgico entre outras. A população somada de todas as 38 cidades que compõem a da região é de quase 3,3 milhões de habitantes. Os municípios que tem Pontos de Cultura são: Campos do Jordão, Guaratinguetá, São José dos Campos e São Sebastião.



Baixada Santista


É a terceira maior região do estado em termos demográficos, com uma população de cerca de 1,6 milhão de moradores fixos, segundo dados de 2007.Nos períodos de férias, acolhe igual número de pessoas, que se instalam na quase totalidade em seus municípios. A região caracteriza-se pela grande diversidade de funções presentes nos municípios que a compõem. Além de contar com o parque industrial de Cubatão e o Complexo Portuário de Santos, ela desempenha outras funções de destaque em nível estadual, como as atividades industrial e de turismo, e outras de abrangência regional, como as relativas aos comércios atacadista e varejista, ao atendimento à saúde, educação, transporte e sistema financeiro. Têm presença marcante ainda na região as atividades de suporte ao comércio de exportação, originadas pela proximidade do complexo portuário. Atualmente, apenas duas cidades possuem Pontos de Cultura: São Vicente e Santos.



Pontos & Cultura Digital

Por enquanto, mapeamos os seguintes espaços que trabalham algum tipo de atividade ligada a Cultura Digital.

Pontos com Redes em fase de construção Pontos com Redes GNU/Linux Gnu-linux.png Pontos com Redes Proprietárias Copy.png




Educador/Instrutor da Macro-região - Contato

Fernando Oliveira
Correio: fernando@matimperere.com.br e botocinza@uol.com.br
Msn: manguetown@hotmail.com
Skype: dalamaaocaos
Telefone: (13) 3851-3959 ou (13) 9777-0030