Ethymos

De Pontão Nós Digitais

A agência Ethymos - Soluções em Web surgiu em 2005 na cidade de Curitiba (PR). Desde então, desenvolve projetos web com alto impacto social, focados em comunicação estratégica, usabilidade e design, são softwares projetados para demandas específicas, além de fazer consultoria para o uso de redes sociais. A Ethymos tem compromisso social, por isso se dedica a projetos que contribuem para a construção de uma sociedade mais justa. Aposta na colaboratividade e valoriza a reflexão criativa como uma importante etapa de construção de seus produtos.

Site Oficial

Parceria com Ethymos

Linhas de Atuação

Rodando o VPN dos caras

Isso tomou algum tempo das duas vezes que fiz isso pq tem inúmeras configurações possíveis. Da outra vez Amarelo ajudou. Desta vez tive q usar recursos transcendentais, então resolvi fazer um pequeno tutorial.

Primeiro, existem alguns tipos de VPN, neste caso é necessário instalar o OpenVPN:

   $ sudo apt-get install network-manager-openvpn

Depois disso, reinicie o gerenciador de rede e ir nas conexões -> Configure VPN.

Descompactando o .tar.gz relacionado (mandaram), clica em "importar" e escolhe o único arquivo dentro da primeira pasta do pacote, chamado ethymos.vpn.conf

Deve-se aceitar as configurações gerais que o arquivo importado proporciona. A dúvida maior nesta parte é do tipo de autenticação, que pode ser de 4 tipos e o tipo correto é o etiquetado como: "Certificates (TLS)" no meu Ubuntu 11.10.

Agora o lance é importar os arquivos corretos, estão todos dentro da única subpasta do pacote, chamada openvpn. O User Certificate meu é o 'renato.crt'. O CA Certificate meu é o 'ca.crt' e o Private Key meu é o 'renato.key'. A configuração que fumegou aqui envolve colocar minha chave escrita tb no campo Private Key Password.

Neste ponto vem a parte mais curiosa. Falta ainda ir em Advanced->TLS Authentication e no Key File subir o arquivo 'ta.key'. O resto nao mexer em nada nada.

Pronto. Só ir em conexões novamente, VPN e escolher o nome da conexão VPN que quis dar para essa conexão. Aqui ele tenta algumas vezes aí conecta e na hora de usar ele assume que o nome do meu usuário no linux é o usuário da conexão (bastou entrar com a senha em branco que pediu o usuário correto e a senha e deu certo clonar o repo que queria).

Maapas de Vista

Resolvemos usar o MV para algumas coisas diferentes. Nessa, acabamos por expandir a funcionalidade do MV como plugin para também contemplar postagens e uso com Shortcode. Mais detalhes na página criada para o Maapas de Vista.