Git - principais comandos

De Pontão Nós Digitais

Mostra as configurações

git config --list

Mostra o valor do [atributo]

git config [atributo]

Adiciona o [arquivo] para ser enviado no próximo commit

git add [arquivo]

Mostra o status do commit atual

git status

Mostra as mudanças realizadas nos arquivos do commit atual

git diff

Realiza o commit

git commit
    -m "mensagem"    // coloca essa mensagem a respeito do commit
    -v               // coloca a mensagem padrão do git mais o que foi mudado em cada arquivo

Remove um arquivo

git rm
    --cache          // tira dos arquivos do próximo commit, o contrário de git add

Mostra todos os commits

git log
   --all                   // mostra todos os commits
   --pretty=oneline        // um em cada linha
   --max-count=2           // mostra até dois commits
   --since=5.minutes       // commits desde 5 minutos atrás
   --until=5.minutes       // commits de até 5 minutos atrás
   --author=[nome]         // commits apenas do autor [nome]
   --graph                 // usa modo "gráfico"

Assim como diz no tutorial, é legal utilizar esse comando


git log --pretty=format:"%h %ad | %s%d [%an]" --graph --date=short

// então defina um atalho no teclado, com o comando

git config --global alias.[atalho] 'log --pretty=format:"%h %ad | %s%d [%an]" --graph --date=short'

// agora ao digitar git [atalho] você terá o mesmo que se digitasse
// git log --pretty=format:"%h %ad | %s%d [%an]" --graph --date=short

Volta a versão especificada pela hash

git checkout [hash]

Desfaz as mudanças feitas no [arquivo]

git reset HEAD [arquivo]

Volta para o estado desta hash

git reset [hash]

"Refaz" último commit

git commit --amend

Desfaz último commit

git revert HEAD

Dá uma tag para o hash atual

git tag [nomeDaTag]
    -d            // apaga um determinado tag

Cria um novo branch

git checkout -b [branchName]

Combina o hash atual com o mencionado

git merge [hash]

Lista todos os branches

git branch

Dá um update no seu clone

git fetch

git pull    // git fetch + git merge origin/master

Refaz um branch que existia na origem

git branch --track [branchName] origin/[branchOriginName]

Dá um upload das suas modificações

git push [remoteName] [branchName]

Cria um patch

git format-patch master --stdout > nomeDoPatch.patch

Mostrar as origens do repositório conectados

Um determinado repositório local tem (ou teve) uma origem da qual foi clonado. Você pode ver essa informação abrindo o arquivo .git/config.git. Mas existe um comando para isso. Dentro do repositório em questão, aplique:

$ git remote show origin


Ver Tambem

Pagina wiki Git.