Mídia Livre

De Pontão Nós Digitais
  • Mídia
  • Livre
  • Pontos de Cultura
  • Movimentos Sociais
  • Fórum Social Mundial
  • Direitos à Comunicação
  • Democratização dos meios de comunicação
  • Formas/Formatos de Financiamento público de meios de comunicação
  • Regularização econômica dos meio de comunicação
  • Concessão pública de TV e Rádio
  • Rádio Digital
  • TV Digital
  • Revistas, Zines, Fanzines, Jornais, Cordel
  • Portais, Websites, Blogs, Wiki, etc
  • Comunicadores(as) para Cultura / agências digitals / produtoras colaborativas

O que são as mídias livres?

Comprometidas com a luta pelo conhecimento livre e por alternativas aos modelos de comunicação monopolizados ou controlados pelo poder econômico, as mídias livres são aquelas que servem às comunidades, às lutas sociais, à cultura e à diversidade. Praticam licenças favoráveis ao uso coletivo e não são negócios de corporações. Compartilham e defendem o bem comum e a liberdade de expressão para todo mundo e não apenas para as empresas que dominam o setor. Entendem a comunicação como um direito humano e, por isso, querem mudar a comunicação no mundo.

retirado de http://www.forumdemidialivre.org/?page_id=704

Quem é a mídia livre?

São sites ativistas e publicações populares, rádios e tvs comunitárias, pontos de cultura (no Brasil) e muitos coletivos atuantes nas redes sociais. Também são as agências, revistas e emissoras alternativas, sem finalidade de lucro, especializadas ou voltadas a trabalhar com as pautas propostas pelos movimentos sociais, sindicais, acadêmicos ou culturais. Dentro ou fora desses espaços, também são mídia livre as pessoas – jornalistas, comunicadoras(es) e educomunicadoras(es), blogueiras(os), fazedoras(es) de vídeo, oficineiras(os) e desenvolvedores(as) de tecnologias livres que hoje constituem um movimento crescente pelo direito à comunicação.

retirado de http://www.forumdemidialivre.org/?page_id=704

mapa

Com os Pontos de Mídia Livre, o MinC quis reconhecer e valorizar Pontos de Cultura e/ou organizações não-governamentais sem fins lucrativos que desenvolvem ou apoiam iniciativas de comunicação compartilhada e participativa. O objetivo do prêmio foi apoiar iniciativas de comunicação livre existentes no país – seu alcance, êxitos, problemas e necessidades, bem como as possíveis ações que o Estado brasileiro pode organizar para apoiá-las. Participaram desse Edital quase 400 iniciativas de todas as regiões brasileiras, com propostas inovadoras e que refletem a evolução da comunicação livre no país. Veja no Mapa os 82 projetos que foram contemplados, sendo 18 na categoria Regional/Nacional e 64 na categoria Local/Estadual.

https://www.google.com/maps/d/viewer?msa=0&mid=zeNZtagNvjmc.k-kBbbHlcTAM

histórico

Ação de desenvolvimento e acompanhamento de construção de políticas públicas para iniciativas de comunicação livre e compartilhada, não atreladas ao mercado. A primeira edição do prêmio foi em 2009 e a segunda em abril de 2010. A proposta reconhece iniciativas nacionais, regionais, estaduais e locais realizadas por Pontos de Cultura e organizações da sociedade civil, promovendo a formação de uma Rede Nacional de Pontos de Mídia Livre pelo país. Na primeira edição foram selecionadas 80 propostas em um amplo espectro de suportes de comunicação (audiovisual, impresso, multimídia, rádio e web) distribuídos pelas cinco regiões brasileiras. Durante a 1ª Conferência Livre de Comunicação para a Cultura da Secretaria de Cidadania Cultural houve o 1º encontro dos premiados no edital de 2009 o que proporcionou o conhecimento das práticas, a troca de experiências e a consolidação da rede. A segunda fase prevê premiar 60 propostas.

http://thacker.diraol.eng.br/mirrors/www.cultura.gov.br/culturaviva/category/mobilizacao-e-articulacao/ponto-de-midia-livre-mobilizacao-e-articualacao/index.html

Mídia Livre / Fóruns / Referências